Plantas

Hortênsia interna: seleção de variedade e características de cuidados

Pin
Send
Share
Send


Hortênsia (Hydrángea) - um arbusto de flor bonita, com grandes folhas brilhantes e inflorescências esféricas de várias cores. Qualquer jardim em que esta planta se estabeleceu adquire características especiais encantadoras. Poucas pessoas pensam que a hortênsia pode ser cultivada em casa, ou seja, em uma sala. No design de interiores moderno, esta flor ganhou fama sem precedentes por um elemento modesto e ao mesmo tempo muito decorativo.

Usando plantas no interior

O principal papel da hortênsia cultivada em casa diretamente no parapeito da janela é nostálgico. Qualquer sala onde essa flor cresça é preenchida com um aconchego único, quase como o de uma avó na primeira infância. No entanto, a planta é considerada elegante e moderna e é usada para dar frescura ao interior.

A hortênsia mais orgânica fica no fundo das paredes claras em tons pastel, além de ser cercada por móveis lacônicos. A planta sempre consegue solos orgânicos, independentemente do design da sala, seja de alta tecnologia ou fusão. É importante lembrar que a flor de interior fica melhor afastada de plantas exóticas com folhas manchadas e coroas espalhadas.

Esta flor mostra a maior decoratividade se cultivada em um vaso de forma incomum: uma tigela de cerâmica esculpida ou em um recipiente em forma de balde, por exemplo. Particularmente bonitas são as composições do grupo, que são uma mistura de variedades multicoloridas de hortênsias, que são plantadas em um vaso de cerâmica clássico ou em uma plantadora espaçosa. Em uma palavra, tudo o que é incomum e, ao mesmo tempo, desbotado nas cores, pode estar lado a lado com esse arbusto incrivelmente bonito.

Como cultivar hortênsia em uma panela (vídeo)

As melhores variedades para cultivo interno

Existem dezenas de variedades de hortênsias que já conquistaram o jardim, mas nem todas são capazes de crescer e florescer com sucesso na sala ou na varanda. Nos últimos anos, jardineiros e profissionais amadores identificaram um grupo de variedades que podem ser recomendadas com segurança para o cultivo em casa. Estes incluem:

Condições de crescimento da sala

O cultivo de hortênsias em ambientes fechados não é fácil, pois essa cultura precisa de um período de descanso, que deve durar pelo menos 60 dias. Nesse momento, ela precisa de ar mais fresco e o solo da panela não deve ser umedecido. Durante o resto, a hortênsia é melhor mantida em um local fresco e escuro - na varanda ou no porão. É importante lembrar que, sem o inverno, a planta não entrará em floração. No restante do tempo, a hortênsia precisa de uma abundância de luz e ar fresco, além de uma quantidade suficiente de solo de alta qualidade para o crescimento e desenvolvimento normais do sistema radicular e, como resultado, uma bela floração a longo prazo.

Cuidados com as plantas

A sala e o jardim são ligeiramente diferentes em temperatura e outras condições; portanto, ao cultivar em ambientes fechados, é importante prestar atenção especial aos cuidados com a cultura em vasos. Iluminação, umidade do solo e do ar, conteúdo de nutrientes no substrato - tudo isso deve ser levado em consideração e atender a certos padrões. Apesar da presença de um período adormecido, a hortênsia da sala terá que ser cuidada ao longo do ano.

Composição do solo

O substrato do solo para hortênsia em vaso deve ter uma reação ácida, para a qual inclui:

  • relva ou terra de jardim - 2 partes;
  • turfa preta - 1 parte;
  • terra de folha ou estrume / composto bem apodrecido - 1 parte;
  • areia grossa do rio - 0,5 partes.

Além disso, a flor pode ser plantada no solo adquirido para azáleas, coníferas ou plantas cítricas.

Iluminação

Um local ideal para hortênsias é uma janela voltada para o lado sudeste ou sul. Esta planta gosta muito de luz! No entanto, a hortênsia não tolera luz solar direta. Para evitar desbotamento rápido e especialmente queimaduras solares, recomenda-se sombrear ligeiramente. Basta colocar uma grade entre o copo e a panela ou colocar as panelas no peitoril da janela, e não sobre ele.

No verão, o melhor lugar para uma planta é uma varanda ou terraço com vista para o lado oeste ou leste. Na orientação sul, a flor também precisa ser pintada.

Humidade do solo e do ar

O cuidado adequado da hortênsia consiste em rega abundante e regular, especialmente durante a floração. É importante preparar a água com antecedência, defendendo-a durante o dia. Ocasionalmente, recomenda-se regar a flor com água de ácido cítrico ou oxálico levemente acidificada. Para eliminar o risco de inundação, é recomendável organizar uma drenagem na panela.

A umidade do ar também é importante. É necessário pulverizar a planta diariamente com água limpa e não fria. Durante a floração, recipientes ou fontes de água podem ser colocados ao lado dos vasos.

Top vestir

É necessário aplicar a cobertura em vasos duas ou três vezes por mês, dependendo da atividade de crescimento e floração. Nesse caso, é importante escolher a estação certa para a cobertura - ela deve coincidir com a formação das primeiras inflorescências (antes que elas desabrochem, na fase de brotamento).

Durante o período de floração, o melhor fertilizante é considerado um fertilizante universal para plantas com flores. Antes de se aposentar, recomenda-se alimentar a flor com complexos de fósforo-potássio.

Formação de hortênsias

Para a floração anual, é importante formar um arbusto corretamente, deixando vários brotos do ano passado e jovens sobre ele. A hortênsia de poda é realizada antes do inverno da planta ou imediatamente após ela. As sessões do ano passado (poda para 2-3 entrenós) estão sujeitas a encurtamento. Hastes fracas ou emaciadas são cortadas completamente.

Entre os brotos jovens, restam os mais fortes, normalizando o número de inflorescências. Após a floração no colo da hortênsia, recomenda-se colher os rebentos, deixando os 5-6 mais poderosos.

Reprodução e tempo de transplante

A hortênsia é muito fácil de propagar por estacas. O material de plantio para isso é estacas verdes, cortadas durante a formação da planta ou no verão, durante o crescimento ativo das mudas. Eles só podem ser enraizados em um substrato de turfa ácida. A taxa de sobrevivência é de pelo menos 80%.

As estacas são cortadas com um comprimento de 10 cm e processam sua seção inferior com um estimulante de raiz. Em seguida, as mudas são colocadas em uma estufa improvisada - um vaso cheio de substrato ácido e coberto com vidro ou filme (uma tampa de um copo ou jarra de vidro também é adequada). Periodicamente, a estufa deve ser arejada e, após 2 meses, o abrigo pode ser removido permanentemente. As raízes aparecem dentro de 4-5 semanas.

Datas de desembarque e transplante

Para hortênsias, recomenda-se o plantio e transplante de primavera. As flores de inverno são movidas para uma nova panela nos últimos dias de inverno da planta. Para fazer isso, escolha um vaso mais espaçoso ou use o antigo (somente se o produtor regula a força de crescimento da hortênsia). As raízes da planta são rejuvenescidas, cortando todo o fino e fraco, e o solo é alterado para fresco por completo.

Doenças e pragas da hortênsia

Doenças e pragas na flor são poucos em número, no entanto, podem ameaçar a viabilidade da planta e até levar à sua morte. Na maioria das vezes, a flor é afetada por doenças fúngicas e ácaros. Para se livrar deles, é recomendável tomar as seguintes medidas:

Hortênsia: uma variedade de variedades (vídeo)

É importante lembrar que, com total conformidade com a tecnologia agrícola, a planta forma uma imunidade natural a várias doenças e também mais resistente ao ataque de pragas.

Pin
Send
Share
Send